03
Abr 18
Hoje, os trabalhadores das Oficinas da Câmara Municipal de Valongo sentiram na pele a implementação dos novos horários impostos pela CMV, dirigida por José Manuel Ribeiro/PS.
 
Estes trabalhadores fazem há 20 anos um horário concentrado e têm as suas vidas ajustadas de acordo com esse horário. A sua alteração trará consequências à organização das suas vidas pessoais e familiares, como foi já hoje provado pelos próprios.
 
O PCP testemunhou no local esta nova realidade.
 

20180403_120218.jpg

O novo horário implica entrar mais cedo e sair mais tarde, com consequências, por exemplo, para o acompanhamento dos filhos dos trabalhadores. A falta de condições da sala de refeições, que tem dimensão quase três vezes inferior às necessidades, também foi um dos pontos mais referidos. 

 
O PCP denuncia esta situação, quando a grande maioria destes trabalhadores foi ignorada pelo Presidente da Câmara, mesmo depois de terem subscrito um abaixo assinado contra a imposição deste horário.

O PCP apelou à resistência, considerando que a maioria PS não tem compreensão nem respeito pela vida destes trabalhadores e comprometeu-se a levar o assunto à próxima reunião da Assembleia Municipal, que decorrerá no dia 27 de abril.
.: cduvalongo às 13:32

ELEITOS
Assembleia Municipal
Campo & Sobrado
Ermesinde
Valongo
pesquisar neste blog
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30