Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Suspensão parcial do PDM de Valongo em Ermesinde

27.02.19

As intenções expressas na Proposta de suspensão parcial do PDM de Valongo em Ermesinde, abrangendo quase todo o quarteirão que engloba o Parque Urbano e terrenos livres adjacentes, parecem-nos corretas e não suscitam a nossa discordância, em princípio.

No entanto, sabendo nós as contradições e incidentes que acompanharam desde o início a criação do Parque Urbano, algumas dúvidas se nos colocam, certamente suscitadas por um conhecimento incompleto do respetivo dossier...

Assim, perguntamos:

 

- Não existe um plano de pormenor para a área central de Ermesinde, englobando o Parque, construído e a construir, que prevê a construção de edifícios nos terrenos à face da Rua Ribeiro Teles?

- Está ou não licenciada a construção de dois prédios nos terrenos, de propriedade privada, ladeando o caminho de acesso ao Parque a partir da Rua Ribeiro Teles? Se sim, vai a Câmara reverter as licenças de construção, deixando essa área livre para ampliação do Parque?

Desde o início que defendemos a construção de um parque urbano livre de edificações, tão necessário numa cidade que carece de espaços verdes. Outras foram as opções da autarquia e o resultado é um parque mais urbanizado que urbano, com mais de metade da sua superfície atual ocupada por construções com fins comerciais: restaurante, bares, parque de estacionamento, edifícios multiusos, caminhos alcatroados, etc…

Continuamos a manifestar-nos a favor de uma verdadeira ampliação do Parque, mantendo rigorosamente todo o arvoredo existente, sem mais betão nem alcatrão. É esse o Parque, urbano e verde, que a cidade necessita.

Espera-se que a proposta suspensão do PDM vise contribuir para alterar esta opção. Senão, o parque mais não será que o quintal das traseiras de mais uns quantos prédios. Mas isso, como das outras vezes, só o tempo mostrará.

E assim, na dúvida que tudo isto nos suscita e por falta de elementos suficientes para análise da questão, abstemo-nos na votação desta proposta.

Valongo, 21 de fevereiro de 2019

A CDU – Coligação Democrática Unitária / Valongo