04
Fev 18

Depois da eliminação como freguesias independentes, das freguesias de Campo e Sobrado pelo governo anterior.

Com a formação do actual Governo, cujas forças politicas que o sustentam, enquanto oposição, se opuseram a essa agregação de freguesias.

Com a constituição do actual Governo, abriu-se uma janela de esperança, para todos aqueles que no Concelho de Valongo se opuseram à agregação das freguesias de Campo e Sobrado.

No entanto e depois de mais uma vez, o PCP apresentar novo projecto de Lei na Assembleia da Republica, com vista à desagregação de freguesias que assim o pretendam, como é o caso de Campo e Sobrado que manifestaram através dos seus representantes autárquicos esse desejo.

Tal intenção foi rejeitada pelos representantes do PS-PSD e CDS.

Ficou no entanto o compromisso por parte de representantes governamentais, de que no final do último mandato autárquico, o Governo iria fazer uma análise aos resultados obtidos com a fusão de freguesias e que face a essa análise, iriam ser tomadas as medidas de reposição de justiça nesta matéria.

Uma vez terminado o mandato anterior e dado inicio ao mandato presente, estão criadas as medidas anunciadas pelo Governo.

A Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Campo e Sobrado, reunida no Salão Nobre da Junta em Sobrado, no dia 20 de Dezembro de 2017, decide:

Aprovar uma Moção de apelo ao Governo e à Assembleia da Republica, para que se iniciem as medidas Legislativas, para que as Freguesias de Campo e Sobrado, voltem de novo a ser freguesias independentes.

Esta Moção, é para ser enviada: ao Primeiro Ministro, à Assembleia da Republica, aos Grupos Parlamentares da Assembleia da Republica, à Câmara Municipal de Valongo e à Assembleia Municipal de Valongo.

.: cduvalongo às 08:37

ELEITOS
Assembleia Municipal
Campo & Sobrado
Ermesinde
Valongo
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
23
24

25
26
28