Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Aldeia de Couce: intervenção da CDU na Assembleia Municipal de Valongo

04.07.06
Na sequência das informações recolhidas pela CDU nas visitas efectuadas no passado mês à aldeia de Couce, os eleitos da CDU interpelaram o Executivo camarário sobre a situação e perspectivas daquele importante património concelhio. Eis a interpelação apresnetada por José Deolindo Caetano:


«Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Valongo

Uma terra uma vila ou um concelho não mede a sua grandeza apenas pelo que hoje é, pelas pontes lançadas para o futuro, mas também pela defesa do seu património e conservação das suas raízes.

Vem isto a propósito das visitas que os eleitos da CDU têm efectuado á aldeia de Couce.
Da observação do local e do diálogo com as pessoas aí residentes, constatámos o seguinte:

- A recuperação dos edifícios - alguns já ruíram e outros ameaçam ruir -, precisa (não só pela defesa do património, mas também por questões de segurança) de uma urgente intervenção camarária.

- Houve já algumas intervenções de residentes, que alteraram a traça original de um ou outro edifício.

- Pensamos também que a capela aí existente e o seu espólio deverá ter, da parte da Câmara de Valongo, uma atenção redobrada. Somos da opinião que esta capela e o seu recheio deveriam ser considerados património municipal.

- Toda a aldeia precisa de uma limpeza e recuperação geral; os acessos no interior da aldeia necessitam de ser melhorados.

- A estrada de acesso à aldeia, embora conste no Plano e Orçamento deste ano, continua sem sair do papel.

- As matas à volta da aldeia foram, em parte, limpas. No entanto, o corte desse mato continua amontoado no local, tornando mais fácil a propagação de incêndios.

No contacto com a população residente, confirmámos que esta desconhece qualquer intervenção camarária, bem como os seus contornos. Sabemos sim que alguns foram aliciados para desabitar as suas casas, com promessa de habitação em Bairros camarários, com as consequências de índole psicológica que isto acarreta nas populações.

Nunca é demais chamarmos a atenção de quem de direito para a requalificação urgente da aldeia de Couce, requalificação que tarda em sair do papel.

Lembramos que, numa sessão pública dos serviços camarários e inserido numa acção de divulgação do Plano Estratégico do Ambiente do Grande Porto, se afirmava em 18/11/03 que "a recuperação de Couce, com tecnologias amigas do ambiente e recorrendo a materiais tradicionais, já estava em curso”. Como pudemos observar, e estando as verbas disponibilizadas no orçamento, nada até à data foi executado.

Pelos considerandos atrás descritos, e com a promessa que a CDU, em tempo oportuno, apresentará as suas propostas para a Aldeia de Couce e toda a zona envolvente, como sejam as serras de Santa Justa e Pias, solicitamos ao executivo camarário os seguintes esclarecimentos:

- Para quando o início da requalificação da aldeia de Couce?

- Quais os planos concretos que a Câmara de Valongo tem para este local?

Queremos afirmar, por último, que, da nossa parte, estamos totalmente disponíveis para discutir e contribuir para um plano mais abrangente desta zona, sempre na convicção da necessidade de preservação da natureza, do ambiente e das suas gentes.

Valongo, 30 de Junho de 2006

A CDU»

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.