Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Prédios no parque!

02.08.05
Quem ainda não viu, vá ver os prédios que crescem como cogumelos no coração do Parque Urbano de Ermesinde.

No terreno que confina com a Rua J.J. Ribeiro Teles e com o Parque Urbano actualmente existente, prometido pela Câmara PSD/PP para Parque Radical dedicado à Juventude, está agora a aparecer à luz do dia a solução, verdadeiramente radical: afinal, mais prédios no que devia ser uma área verde, livre de construções.

Os prédios no Parque, que vão já dois andares acima da cota de soleira, seriam, ao que se diz, para mais um centro comercial, mais um a juntar aos muitos, em boa parte às moscas, que abundam nesta cidade.

A construção destes prédios faz parte da continuação do negócio dos parquímetros – parcómetros - parques de estacionamento, que a Câmara PSD/CDS vem promovendo, em prejuízo dos cidadãos do concelho.

Lembre-se que aquele terreno foi em tempos adquirido pela Junta de Freguesia para aí construir o seu novo edifício. A Câmara do PSD/CDS nunca permitiu tal construção, argumentando que aquele terreno não era para construir nada, mesmo que fossem equipamentos públicos. Em 1998, a Câmara propôs à Junta a troca daquele terreno por outro, para esta construir a sua sede, troca essa que se veio a efectuar. O argumento da Câmara era que o terreno em causa se “destinava à ampliação do Parque Urbano”. Como é então possível que a mesma Câmara autorize agora a construção de um centro comercial ou seja o que for?

A construção agora em curso foi decidida por deliberação da Câmara PSD/CDS, com a abstenção cúmplice e caladinha do Partido Socialista. Este partido, que tem três vereadores eleitos na Câmara, passou aliás, os quatro anos do mandato a silenciar esta e outras decisões camarárias que prejudicam as populações.

Este atentado vem provar aquilo que para nós é há muito evidente: que qualquer tipo de desenvolvimento ou de crescimento em Ermesinde e em todo o concelho de Valongo se subordina, há muito e por completo, aos interesses dos construtores civis e dos especuladores imobiliários.

Ermesindenses: se estáveis à espera da ampliação do Parque Urbano, como área verde, tranquila e livre de construções, fostes mais uma vez iludidos pelas promessas dos partidos - PSD e CDS - que têm maioria absoluta na Câmara. Eles não querem Parques. Parques, só os de estacionamento. Os outros não têm interesse, porque não dão dinheiro.

Ermesinde, 5 de Julho de 2005

A Comissão Coordenadora de Ermesinde da CDU - Coligação Democrática Unitária

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.