Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

PCP denuncia e mobiliza contra a possibilidade da cobrança de portagens entre Ermesinde e o Porto

05.11.11

Perante as notícias vindas a público recentemente que apontam para a possibilidade da cobrança de portagens entre Ermesinde e o Porto, o PCP decidiu utilizar todos os mecanismos ao seu dispor para alertar e mobilizar os utentes da A4 e as forças vivas do concelho contra esta malfeitoria.

Assim, o PCP:    
- Promoveu uma acção de contacto e esclarecimento dos utentes da A4, que    consistiu na distribuição de um folheto aos automobilistas, no passado dia 3; 
- Questionou o Governo por escrito, através do seu Grupo Parlamentar da Assembleia da República;    
- Na Assembleia Metropolitana do Porto, na sua sessão de 31 de Outubro, fez aprovar uma moção de repúdio;
- Na Assembleia Municipal de Valongo, na sessão marcada para o próximo dia 8, colocará à votação uma moção de repúdio.

O PCP recorda o Governo que os motivos que levaram à retirada da cobrança de portagens entre Ermesinde e o Porto se mantêm, nomeadamente naquilo que se refere à falta de alternativas viáveis, à importância deste canal de ligação à Área Metropolitana do Porto e as consequências negativas para as famílias e empresas. Se há evolução a registar entretanto é negativa, sobretudo naquilo que se refere ao agravamento da situação económica e social. No actual contexto de diminuição de rendimentos das famílias e das pequenas e médias empresas e de aumento generalizado do custo de vida, acrescentar ainda mais o pagamento de portagens torna-se insuportável. A renegociação em curso dos contratos de exploração de várias auto-estradas, tal como se está a verificar com as ex-SCUT, apenas servirá para, à custa dos utentes, beneficiar ainda mais as concessionárias, cujas administrações se encontram repletas de quadros e ex-governantes do PS e do PSD.


O PCP continuará a contestar estas negociatas para as populações e pequenas e médias empresas pagarem e apela aos utentes e forças vivas do concelho de Valongo para que se mobilizem contra a possibilidade da introdução de portagens entre Ermesinde e o Porto. No passado, as populações e forças vivas do concelho de Valongo conseguiram fazer recuar as pretenções de governos e concessionárias. Desta feita, se o actual governo avançar de facto com esta medida, os grandes protestos vão-se repetir!

 


Valongo, 4 de Novembro de 2011
O Secretariado da Comissão Concelhia de Valongo do PCP