Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

VIII AOCV PCP - Notícias da iniciativa

07.12.10

VIII Assembleia de Organização Concelhia de Valongo do Partido Comunista Português

No passado dia 4 de Dezembro, realizou-se no auditório da Junta de Freguesia de Ermesinde a 8ª Assembleia da Organização de Valongo do PCP. Correspondendo à orientação do Congresso do Partido de levar a cabo regularmente assembleias de organização concelhias, nesta iniciativa realizou-se uma análise da situação económica, social e política de Valongo e do país, e um balanço do trabalho realizado desde 2008, tendo-se ainda aprovado as principais linhas de trabalho para o futuro e elegido uma nova Comissão Concelhia.

 

O processo de preparação da Assembleia iniciou-se há vários meses, com a redacção de um projecto de resolução política, que, durante Outubro e Novembro, foi discutido pelos militantes do PCP do concelho. É também de salientar o facto de em todas as freguesias - Alfena, Campo, Ermesinde, Sobrado e Valongo -, se terem realizado assembleias locais, onde foram eleitos cerca de 40 novos dirigentes para as cinco comissões de freguesia existentes.

 

Na abertura dos trabalhos, Belmiro Magalhães, do Comité Central do PCP, salientou a importância estratégica de reforçar o PCP. Para este dirigente, só o crescimento organizativo, mas também da influência social dos comunistas, a par com o desenvolvimento da luta reivindicativa das populações e dos trabalhadores, pode criar condições para a mudança e ruptura de políticas que Valongo e o país precisam.

 

Intervindo sobre as questões da organização partidária, Adelino Soares destacou o facto de actualmente o PCP se encontrar organizado em todas as freguesias do concelho. Destacou ainda a responsabilização de mais militantes e o esforço de renovação e rejuvenescimento realizado.

 

Adriano Ribeiro, Deputado do PCP na Assembleia Municipal, referiu-se à intervenção do PCP naquele órgão autárquico de Valongo. Para este autarca, a intervenção do PCP na Assembleia Municipal de Valongo, pela ligação que aos problemas da população e pelo projecto progressista em que se baseia, faz a diferença em relação aos demais partidos.

 

 

Adriano Ribeiro referiu-se à demagogia de PSD, CDS e PS locais, que no concelho afirmam divergir da colocação de portagens nas SCUT, mas na Assembleia da República deliberaram taxar desta forma os utentes da A41.

 

Para além do projecto de resolução política, foram também aprovados por unanimidade saudações a todos os que apoiaram a Greve Geral do passado dia 24 de Novembro, e à candidatura presidencial de Francisco Lopes.

 

Durante os trabalhos, intervieram ainda mais cerca de 20 participantes, expondo diferentes questões sobre a situação do concelho. A nova Comissão Concelhia de Valongo do PCP conta com 21 membros, oriundos das cinco freguesias do concelho. Dos seus membros, oito integram este organismo pela primeira vez. A maioria dos membros da recém-eleita Comissão Concelhia são oriundos dos grupos sociais de operários e empregados.

 

Na intervenção de encerramento, Jaime Toga, da Comissão Política do Comité Central do PCP, valorizou todo o processo de preparação da Assembleia. Na sua intervenção, referiu-se à importância de afirmar a candidatura presidencial de Francisco Lopes que, pelo seu compromisso com a Constituição da República Portuguesa, com os trabalhadores e o povo, pelo projecto de esquerda e patriótico que defende, representa a magistratura que Portugal e os portugueses precisam. Por exemplo, Francisco Lopes foi o único candidato claramente contra a aprovação da proposta de Orçamento de Estado para 2011 concertada entre PS e PSD, todos os outros defenderam esse injusto documento.

1 comentário

Comentar post