Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Requerimento - Lavadouro de Chãos:

25.10.17

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia de Freguesia de Ermesinde, o problema deste lavadouro já se arrasta ao longo dos anos. Falta de abastecimento de água e a precisar de ser requalificado.

Este equipamento já sofreu algumas intervenções pontuais, mas o problema subsiste. Enquanto a gestão do lavadouro é da responsabilidade da junta de freguesia a nascente que abastece o lavadouro e também o Rio Tinto, está situado em terrenos pertencentes da Câmara Municipal de Valongo, Sabe-se que a falta de água é motivada pelo entupimento da conduta que liga a nascente ao lavadouro.

A CMV, foi alertada para o problema da falta de água em 13 de julho de 2017, através de requerimento do então vereador da CDU.

Ultimamente a falta de água agravou-se e o lavadouro deixou de ser abastecido.

 

Ao abrigo do art.º 12 alínea e) do regimento, solicito a V.Ex.ª que intervenha junto do senhor Presidente da Junta de Freguesia para que este responda com caráter de urgência às seguintes questões;

 

  • Tem o senhor Presidente da Junta conhecimento das deficiências do Lavadouro de Chãos?

 

  • Pretende a junta de freguesia intervir e quando no lavadouro para repor o abastecimento de água, assim como, efetuar obras de requalificação?

 

Ermesinde, 23 de Outubro de 2017

“Um Presidente da Junta para todos” - Será o slogan verdadeiro ou foi só uma promessa?

18.10.17

Foi com este slogan que João Morgado e o PS se apresentaram às eleições para a Assembleia de Freguesia de Ermesinde. Ora, na sua primeira atuação como eleitos, esta promessa básica da campanha eleitoral já caiu.

No mandato que agora começa, quis o PS ter apenas elementos seus, tanto no executivo da Junta, como na Mesa da Assembleia de Freguesia. Desde as primeiras eleições autárquicas, Ermesinde nunca teve na composição destes órgãos uma só força politica.

Não negamos ao PS, que tem a maioria dos votos, o poder de impor esta solução. Mas demonstraria alguma humildade e seria politicamente saudável, experimentar outras soluções para a composição destes órgãos.

Não esquecemos a promessa da campanha eleitoral e lembramos-lhes que, dada esta opção, 53% dos eleitores ermesindenses não vão estar representados no executivo.

 

A CDU continuará a desenvolver o seu trabalho nos órgãos onde está representada. Como noutros mandatos, continuaremos a apresentar propostas e a lutar por soluções, para que Ermesinde seja cada vez mais uma cidade onde vale a pena viver.  

 

Ermesinde, 18 de Outubro de 2017

 

A Comissão de Freguesia de Ermesinde do PCP