Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

CDU alerta para as condições deploráveis existentes no Bairro Municipal 1º Maio - Degradação das habitações municipais confirmam que a Câmara de Valongo não põe um prego no concelho

31.03.12

No passado domingo, dia 25, a CDU, Coligação Democrática Unitária, realizou uma visita ao Bairro Municipal 1º Maio, na freguesia de Campo.
A delegação da CDU, composta, entre outros, pelos eleitos autárquicos Adriano Ribeiro, Manuel Santos e Otília Pinto, constatou o abandono a que a Câmara Municipal de Valongo sujeita os moradores dos bairros municipais. De facto, neste bairro, há fogos completamente degradados por força da humidade e com as tintas das paredes a descascar (ver fotos em anexo), sem que os serviços municipais, no exercício das suas competências e deveres, ajudem a resolver a situação. Aliás, num dos casos, a família abordou a empresa municipal Vallis Habita em Agosto passado (há 7 meses!) e apenas obteve o conselho de passar lixívia nas paredes.
Outro dos problemas identificado foi a ausência de apoio social às famílias mais carenciadas. Segundo foi relatado pelos moradores, apesar de existirem casos de pessoas e famílias com limitações graves e a viver situações socialmente complexas, a resposta de apoio dada pela Câmara Municipal é manifestamente insuficiente.
A acrescentar a este quadro verifica-se ainda a ausência de manutenção e limpeza dos espaços comuns e jardins envolventes ao bairro, com a persistência de montes de lixo em plena via pública.
Importa neste contexto alertar ainda para os valores relativamente altos atualmente cobrados às famílias residentes, que, de acordo com o que foi relatado à CDU, chegam a atingir cerca de 300?. No entanto, caso avance o designado Plano de Saneamento Financeiro aprovado por PSD, CDS e PS na Câmara de Valongo, os valores das rendas podem subir, de forma a fazer crescer, mais uma vez à custa dos mesmos, as receitas da autarquia.
Perante o exposto, que confirma que a Câmara de Valongo não põe um prego no concelho, a CDU irá intervir institucionalmente nos órgãos competentes, nomeadamente na Assembleia Municipal e na Junta de Freguesia de Campo, reclamando da Câmara Municipal de Valongo a assunção de medidas de manutenção das habitações do Bairro 1º de Maio, a par com o necessário reforço da limpeza no espaço público e no apoio social às famílias mais carenciadas.

 

 

 

 

 

A CDU  Coligação Democrática Unitária / Valongo

 

VISITA DA CDU - BAIRRO 1º DE MAIO

23.03.12

DOMINGO, DIA 25 DE MARçO, 10H30M

No sentido de denunciar as carências de oferta habitação social no concelho e vários problemas existentes do Bairro 1º de Maio, a CDU – Coligação Democrática Unitária vai realizar uma visita pública, no próximo domingo, dia 25 de Março, pelas 10h30m.

Entre outros eleitos e activistas da CDU, na visita participarão Manuel Santos, membro do Executivo da Junta de Freguesia de Campo, e Adriano Ribeiro, membro da Assembleia Municipal de Valongo.

Comitiva da CDU visita Bairro de Mirante de Sonhos, Ermesinde

02.03.12

Uma comitiva da CDU, liderada pelo elemento da CDU na Assembleia Municipal (AM), Adriano Ribeiro, e pelo membro da Assembleia da Freguesia de Ermesinde da CDU, Sónia Sousa, visitou Domingo, 16 de Fevereiro, o Bairro de Mirante de Sonhos, localizado no extremo oriental da freguesia de Ermesinde, entre os lugares de Montes da Costa e Sonhos.

Convidados pelos moradores a visitar as suas casas, verificaram a degradação das habitações provocada pela infiltração de água, que ocorre devido à má qualidade dos isolamentos utilizados na construção e à falta de intervenção da Câmara e da sua empresa, a VallisHabita, que apenas efetuou obras de manutenção da fachada dos prédios (colocação dos azulejos em falta).

Também verificaram, mais uma vez, o isolamento a que este conjunto habitacional continua sujeito, sobretudo por não ser servido pela carreira de autocarros da STCP. Os moradores voltaram a lembrar a promessa que em tempos lhes foi feita de construção da estrada que ligará a Escola Básica do Mirante de Sonhos ao complexo habitacional, lembrando que sem esta estrada será pouco provável que a STCP se disponibilize a estender a linha 703 de forma a servir o bairro. O isolamento do bairro leva a que os moradores mais idosos ou com deficiência se sintam prisioneiros nas suas próprias casas.

Outro aspeto que preocupa os moradores do bairro é a falta de segurança causada pela existência de um lote, ainda por terminar, que está a ser alvo de vandalismo e de assaltos, referiram ainda que na altura que ocorreram os assaltos a este lote, também um dos prédios do bairro foi assaltado. Apesar de, após os assaltos, ter sido vedado o acesso ao r/c do lote em construção, os moradores continuam insatisfeitos e querem que a CMV os informe de quais as medidas que está a tomar e quais as soluções que encontrou para resolver este problema que já se arrasta há cerca de 12 anos.

Com esta visita a CDU pôde aprofundar os seus conhecimentos sobre a realidade local e as condições de vida dos moradores do Mirante de Sonhos.

A CDU irá propor na Assembleia Municipal de Valongo que a visita agendada para março à Freguesia de Ermesinde contemple a passagem por este bairro da comitiva da AM. Irá ainda requerer que seja dada informação escrita sobre todas as diligências que a CMV efetuou para a resolução do problema do lote abandonado.

 

A CDU/VALONGO,
Ermesinde, 28 de fevereiro de 2012