07
Mai 18

Confrontados com a proposta da segunda alteração ao mapa de pessoal de 2018, constatamos que afinal é possível à autarquia contratar e criar novos postos de trabalho, ao contrário do que vem sido afirmado ao longo dos últimos anos.

No entanto, questionamo-nos sobre quais as premissas em que se sustenta esta nova alteração ao mapa de pessoal no espaço de dois meses, pelo que esperamos ver respondidas as seguintes questões:

1) a criação de um posto de trabalho de Jurista e de oito postos de trabalho na carreira de Assistente Técnico a afetar também à área jurídica traduz-se na cessação do contrato de prestação de serviços com o Sr. Dr. Ricardo Bexiga?

2) A criação de postos de trabalho na carreira de assistente operacional a afetar à área de recursos escolares traduz-se na integração de pessoal que realiza Contratos de Emprego Inserção nas escolas?

3) Há nesta proposta alguma perspetiva futura de remunicipalização gradual das áreas privatizadas?

Será o esclarecimento das questões agora colocadas que ditará o modo como a CDU votará esta segunda proposta de alteração ao mapa de pessoal de 2018.

 

Valongo, 27 de abril de 2018

A CDU – Coligação Democrática Unitária / Valongo

 

As respostas:

1º questão - A resposta foi... Não!

2º questão - Sim. [Vamos estar atentos, para ver se é concretizado]

3º questão - Não

.: cduvalongo às 19:23

ELEITOS
Assembleia Municipal
Campo & Sobrado
Ermesinde
Valongo
pesquisar neste blog
 
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31