Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

PCP promove acção nacional contra a privatização do Caminho de Ferro

06.06.10

A pretexto do défice e da crise, o Governo PS e o PSD, ao mesmo tempo que garantem lucros e privilégios aos grupos económicos, querem impor novos sacrifícios aos trabalhadores e ao Povo.

Entre outras medidas avançam com a privatização de empresas designadamente no sector ferroviário: Linhas suburbanas, EMEF e CP carga. Onde os prejuízos ficam para o Estado e a parte lucrativa para os privados. Depois do desmembramento da CP em várias empresas, do encerramento de muitas linhas e da entrega à exploração privada de outras, como a Travessia sobre o Tejo, o Metro Porto e a Alta Velocidade, vem agora mais uma fase de privatização.

Apesar desta criminosa ofensiva contra o serviço público, os caminhos de ferro prestam um importante serviço às populações e por questões económicas, energéticas e ambientais, uma opção de futuro.

A privatização da exploração do transporte de passageiros, da CP Carga e da EMEF implicaria: degradação do serviço e aumento dos preços dos bilhetes; mais custos para a CP uma vez que os privados ficariam a explorar as linhas lucrativas e o Estado as deficitárias; encerramento de linhas; dependência da CP face aos privados no que respeita à manutenção e reparação da sua frota (EMEF); liquidação e transferência para o estrangeiro de produção nacional - manutenção ferroviária, construção e modernização de material circulante – como se verificou antes com a privatização da Sorefame; abandono do Estado do transporte ferroviário de mercadorias e a sua assimilação pelas multinacionais europeias; despedimentos, precariedade, redução dos salários para os trabalhadores destas empresas.

A privatização dos caminhos de ferro é por tudo isto uma decisão criminosa!

O PCP promove no próximo dia 8 de Junho, nas principais estações de caminhos de ferro do país uma acção nacional contra a privatização deste serviço. Uma iniciativa de contacto e mobilização das populações em defesa do serviço público no transporte ferroviário e que culminará com uma visita de Jeronimo de Sousa – Secretário-geral do PCP, às instalações da EMEF no Entroncamento, seguido de uma acção de rua nesta cidade.