Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Assembleia de Freguesia de Ermesinde - Moção sobre as instalações de saúde da Gandra

30.04.09


 

Em Setembro de 2008, a população de Ermesinde passou a ser servida por novas instalações de saúde, localizadas no lugar da Bela. À abertura do novo Centro de Saúde correspondeu o encerramento, então anunciado como temporário, das antigas instalações, situadas na Gandra. O objectivo seria o de proceder à realização de obras, com vista à reabertura, no prazo de seis meses, desta unidade de saúde, que, inteiramente equipada e devidamente provida de recursos humanos, passaria a servir a população residente na metade mais ocidental da Cidade.
 
Mais de oito meses passaram desde este anúncio e as instalações de saúde da Gandra não reabriram ainda com os recursos e valências projectadas. Nenhuma explicação foi ainda avançada para este facto e o que se regista é que, apesar dos avanços alcançados com a abertura da unidade de saúde da Bela, não foi possível alcançar um patamar superior de qualificação dos cuidados de saúde ao dispor dos ermesindenses, algo que poderia ser obtido com a abertura das instalações de saúde da Gandra (relembre-se que o Centro de Saúde de Ermesinde tem cerca de 13 mil utentes sem médico de família).
 
Urge obter da Administração Regional de Saúde do Norte a explicação ou explicações para este atraso. Os órgãos autárquicos do concelho de Valongo – e, em particular, a Junta de Freguesia de Ermesinde – devem desenvolver, com a máxima urgência, todos os esforços ao seu alcance no sentido de obter os esclarecimentos necessários e de contribuir para a célere reabertura das instalações de saúde da Gandra.
 
 
Ermesinde, 28 de Abril de 2009
A Coligação Democrática Unitária
 
 

A enviar para: Director do Centro de Saúde de Ermesinde; ARS – Norte; Câmara Municipal de Valongo; Assembleia Municipal de Valongo; Grupos Parlamentares da AR.

 

A moção foi aprovada por unanimidade. Importa agora que os ermesindenses exijam, connosco, a reabertura célere da unidade de saúde da Gandra!