Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Em Valongo, os problemas esperam pelas eleições que se avizinham...

09.03.09

Mais um ano eleitoral se avizinha, mais uma vez se perfilam os candidatos a candidatos dos partidos que têm estado na origem da dura realidade que o nosso concelho confronta há já vários anos.

Partidos há em que se assiste a autênticas lutas de lobos para atingir o almejado protagonismo; noutros, a estratégia é diferente: observa-se nervosa e pacientemente o oscilar da cadeira e, ao menor sinal de queda, logo aparecem meia dúzia de tubarões a reivindicar o trono; há ainda partidos em que, num claro adiantamento ao tiro da partida, osrespectivos candidatos (da nossa freguesia, a freguesia de Valongo) são colocados a treinar nas intercalares da freguesia vizinha. É o vale tudo para tentarem atingir as metas a que se propõem, mas isto apenas durante o período pré-eleitoral, porque depois terão três anos para se deitarem à sombra da bananeira, ou seja até ao ano em que novamente haverá eleições e começar então um novo ciclo, novas promessas, novos sorrisos, enfim, um novo universo cor-de-rosa (ou laranja...).
Se repararmos bem, é o que nos está a acontecer neste momento a nível de obras de fachada, de encher o olho. Apesar dos horizontes negros que qualquer cidadão consegue vislumbrar para um futuro próximo, quer seja a nível laboral, a nível social ou económico, este ano teremos um concelho empreendedor, onde se notará uma dinâmica de obras seja a que custo for, com ou sem ligações mais ou menos electrizantes, que poderão chamuscar o mais precavido dos dinossauros. O tempo o avaliará.

Tenta-se, pois, passar uma esponja sobre três anos de inoperância, de prepotência, de arrogância, conforme o episódio que aqui vamos relatar: Inverno chuvoso de há dois anos, estradas municipais em estado deplorável, ligação Valongo/Alfena com autênticas crateras. Uma tarde, numa dessas crateras, dezassete viaturas sinistradas, das quais a GNR de Alfena tomou conhecimento e elaborou o respectivo relatório. Uma a uma, as queixas foram refutadas pelo respectivo departamento autárquico, o qual alegava que não havia buracos nas estradas no concelho, que tinham permanentemente uma brigada na rua para tratar desses problemas logo que eles surgissem, blá-blá-blá, blá-blá-blá… Mais ainda: zelosos de resolver os problemas dos munícipes, aconselhavam-nos a recorrer aos tribunais. Pelo menos uma das pessoas lesadas avançou com o processo para tribunal. Julgamento marcado para o dia 30 de Outubro. Dia 29 de Outubro, à tarde, o zeloso gabinete autárquico telefona ao queixoso dizendo que assumia a responsabilidade do sinistro e que se prontificava desde logo a efectuar o pagamento da reparação da viatura. Possivelmente, os restantes dezasseis sinistrados pagaram do seu bolso a prepotência e arrogância da autarquia.

A excelência autárquica ao seu melhor nível… É contra situações como esta que nos insurgimos e muitas outras haverá, com maior ou menor gravidade, para denunciar. Por isso, achamos que devemos intervir duma forma mais activa, assim o queira a população deste concelho e desta freguesia, porque somos diferentes e porque, “SIM, É POSSÍVEL UMA VIDA MELHOR!”.

CDU - Freguesia de Valongo