Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CDU Valongo

Página informativa sobre a atividade da CDU no concelho de Valongo.

Até parece que não é nada com eles....

18.10.08
PSD-CDS-PS na Câmara aprovam por unanimidade Moção de protesto sobre o Centro de Saúde.
É um bom exemplo dos métodos profundamente desonestos, demagógicos, oportunistas e populistas. Quer dizer, aprovam esta moção, para se colarem ao descontentamento popular, quando foi a Câmara quem licenciou a obra, deu o terreno e devia ter fiscalizado e dado a licença final para utilização.
Então o Sr Fernando Melo vai com a sua comitiva inaugurar aquilo e meia dúzia de dias depois vem assinar uma moção a condenar uma obra que autoriza, licencia e inaugura?
As exigências de salubridade, de acessos e de jardins é da responsabilidade da CMV em  primeiro lugar.

A Moção da vergonha:

 

"Considerando:

1- 0 novo Centro de Saúde de Ermesinde, localizado na Rua da Bela, entrou em funcionamento no passado dia 15 de Setembro.

2-Apesar do período de utilização ser ainda muito curto, esse equipamento tem sido objecto de várias manifestações de desagrado por parte dos utentes, os quais têm feito chegar a esta autarquia, pelos mais diversos meios, as suas reclamações quanto a alguns aspectos de funcionamento do mesmo, que a seguir se indicam:

 2.1-Ausência de percurso pedonal autónomo e adequado aos utentes, tendo em conta que na sua grande maioria são idosos e com dificuldades de locomoção. Refira-se que o actual acesso dos utentes se processa pela mesma entrada das viaturas, em pavimento de cubos de granito e com uma rampa acentuada, em claro desrespeito pela lei das acessibilidades em vigor;

 2.2-Ausência de climatização no interior das instalações, situação geradora de um ambiente insuportável de calor excessivo quer para os utentes quer para os funcionários, para o que contribui a existência de grandes superfícies vidradas na fachada virada a sul;

 2.3-Deficiente ordenamento e definição do espaço exterior do edifício, situação geradora de conflitualidade entre os peões, movimento das viaturas, zonas de acessos prioritários e espaços verdes;

 2.4-Ausência de tratamento de taludes e espaços verdes, facto que contribui para a "invasão" dos locais de acesso de correntes de lama e detritos, em dias de chuva, agravando ainda mais as condições de mobilidade dos utentes;

 2.5-Falta de sinalética interior indicadora dos vários serviços.

 Porque tais referências nos parecem de todo pertinentes entendemos que urge encontrar soluções para rectificar as anomalias apontadas, certos que só assim  se poderá compatibilizar o grau de satisfação da população servida com o elevado investimento efectuado.

Assim, a Câmara, reunida aos 2 de Outubro de 2008, delibera enviar a Moção ao Ministério da Saúde, Administração Regional de Saúde do Norte e Centro de Saúde de Ermesinde, exigindo uma rápida intervenção destas entidades na resolução das graves anomalias apontadas e que têm afectado a população do Concelho.

Valongo, 2 de Outubro de 2008"